Câmaras Frigoríficas

Descrição do Sistema
O sistema consiste na aplicação de uma ou duas camadas de EPS para o isolamento térmico de câmaras frigoríficas, em conjunto com a barreira ao vapor e o revestimento interior.

Campos de Utilização
Construção de câmaras frigoríficas, tanto para as paredes como para o chão e tectos.

Características do EPS a utilizar
O EPS deverá ter a massa volúmica adequada às temperaturas de funcionamento bem como às cargas a aplicar no pavimento. Recomendam se os seguintes tipos de EPS (em paredes e tectos):

Temperatura de utilização                                             Tipo de EPS
> 0ºC                                                                                      EPS 60
> -20ºC                                                                                  EPS 100
< -20ºC                                                                                  EPS 150

As placas deverão ter dimensões faciais de 1 x 0,5 m.

Vantagens do Sistema
Isolamento térmico eficaz, leve e de fácil aplicação.

Princípios de Aplicação
Aplicar barreira ao vapor adequada às temperaturas previstas. Colar o EPS em duas camadas, tendo o cuidado de colmatar os espaços que eventualmente tenham ficado entre as placas. Revestir o EPS com acabamento adequado que pode ser do tipo sintético, betuminoso ou hidráulico.

Recomendações Especiais
Para a especificação do isolamento bem como o acompanhamento da execução dos trabalhos deve ser contactado um técnico especializado. Utilizar só materiais próprios para o efeito e compatíveis com o EPS. No caso da utilização de um reboco hidráulico este deve ser fixo mecanicamente ao suporte.