O EPS, sigla de Expanded PolyStyrene ou Poliestireno expandido, em português, é um plástico celular e rígido, tecnologicamente avançado, económico e respeitador do ambiente, que se pode apresentar numa amplitude de formas e aplicações.

O EPS é uma espuma de poliestireno moldada, constituída por um aglomerado de pérolas/granulado, que pode ser a solução para placas de isolamento térmico, cofragens ou enchimentos na construção civil, para embalagens industrial em electrodomésticos e produtos electrónicos ou, embalagens alimentar como as caixas de peixe.

A sua versatilidade permite ainda conceber peças técnicas para a indústria automóvel, aeronáutica ou indústria de precisão, como também possibilita a sua utilização na criação de inúmeras soluções para as áreas desportivas, de lazer, design e decoração, e muito mais. A marca “EPS” é representativa deste material no mundo inteiro.

Existem, no entanto, outros tipos de espumas de poliestireno mas que não são EPS. São eles:

- O XPS ou Poliestireno extrudido, é também uma espuma rígida de poliestireno mas que se diferencia do EPS por ser obtida por um processo de extrusão em contínuo e por empregar outros gases expansores. A sua única aplicação corrente é como isolamento na construção civil, apresentando-se sob a forma de placas coloridas.

- E, o PS ou Poliestireno papel, também ele uma espuma rígida de poliestireno extrudida, que é produzida com uma baixa espessura (2 - 3 mm). A sua aplicação é em bandejas e tabuleiros para acondicionar produtos alimentares