ua-tour.net

Press Release 'Alemanha não vai proibir Sacos de Plástico'

15 Nov. 2013
 IK

Alemanha não vai proibir Sacos de Plástico

 

 

Esta foi a posição adotada, representada pela IK Association of Plastic Packaging, na sequência da recente iniciativa de Bruxelas. De acordo com o Comissário da EU para o Ambiente, Mr. Potočnik, cada estado membro tem o direito de decidir, de forma independente, sobre as proibições a fim de reduzir a quantidade de sacos plásticos leves. Esta proposta é justificada pelo aumento da poluição dos oceanos.

Há já muito tempo que a Alemanha tem tido um excelente sistema de eliminação e reciclagem. Hoje em dia, 98% de todas as embalagens de plástico são eliminadas por este sistema, uma quota elevada já confirmada oficialmente pela Comissão Europeia. A bem sucedida implementação deste conceito de eliminação de resíduos plásticos foi alcançada em grande parte graças à participação motivada dos consumidores alemães.

Portanto, os sacos plásticos alemães não acabam nos mares europeus nem constituem um problema de lixo em terra.

Neste contexto, a Associação lamenta as atuais notícias de imprensa que não retratam um cenário muito diferenciado. Pelo contrário, deixam a impressão de existirem, na Alemanha, problemas consideráveis com a eliminação dos sacos plásticos. No entanto, a IK admite a possibilidade de uma otimização do sistema de eliminação em alguns países junto ao mar.

Uma outra sugestão alternativa da Comissão Europeia para a redução do uso de sacos plásticos, através de “taxas penalizadoras”, não é muito construtiva. “Apenas o sistema de eliminação apropriado em simultâneo com a educação da população irá prevenir e impedir o lixo marinho em grande escala”, afirma o Director da IK, Ulf Kelterborn.

A IK acha que o facto de certos grupos na Alemanha continuarem a pedir a proibição têm razões estritamente políticas. Os pedidos de proibição pelos adversários dos Plásticos dão ao consumidor a sensação de estarem a fazer algo “bom” pelo ambiente. No entanto, os estudos demonstram que o impacto ambiental dos sacos plásticos é relativamente insignificante.    

Finalmente, a Associação destaca que a aprovação específica de um país na proibição de um produto, como sugerido atualmente pela proposta da EU, além de outras coisas, infringe o princípio da liberdade de circulação de bens e mercadorias como referido no contrato inicial da CE e, portanto, não soa juridicamente possível. Alguns fabricantes de sacos plásticos europeus já estão a ponderar possíveis ações judiciais.

 

 

Com mais de 300 membros, a associação alemã para a Embalagem de Plástico, a IK Association of Plastic Packaging ou IK Industrievereinigung Kunststoffverpackungen, é a maior associação de comércio da Europa na indústria das embalagens de plástico. A IK representa a maior percentagem do mercado alemão de embalagens de plástico, respondendo por mais de 4 milhões de toneladas de embalagens e filmes plásticos. 

 

          Fonte: IK Industrievereinigung Kunststoffverpackungen

          07 de Novembro de 2013